The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR | Baixe livros grátis, visite o site www.varandadelivros.com |

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O REPOUSO NO SÁBADO

O REPOUSO NO SÁBADO

Eu quero começar parabenizando todos os cristãos que mantém firme a ordem de Deus quanto em descansar no sétimo dia. Como disse o profeta; Deus não muda. E há algumas igrejas cristãs que guardam e pregam o descanso nesse dia. Além dos Judeus, houve e ainda há pessoas que não se dobraram ao repouso no dia pagão. Posso citar os Batistas do Sétimos Dia, os Adventistas do Sétimo Dia e muitas outras; e também muitas pessoas que decidiram não ir a nenhuma denominação e estão guardando o dia de repouso bíblico. Quero contar a história em poucas palavras do sábado bíblico. Quero seguir uma linha histórica eclesiástica.
Tudo começou lá no Éden! Aliás, há evidência que o repouso no sétimo dia é anterior ao Éden. Deus já era adorado pelos anjos e os seres criados por Ele nesse dia. Mas vamos tomar o Gênesis como ponto de partida. O capítulo 2 e os versos 1 ao 3 são claros: “Assim ficaram completos o céu e a terra, com tudo aquilo que contêm. No sétimo dia, Deus tinha completado a sua obra e nesse sétimo dia Deus descansou dos trabalhos que tinha vindo a fazer. Deus abençoou o sétimo dia e fez dele um dia sagrado, pois foi o dia em que ele descansou de todo o trabalho de criação que tinha feito”. Da Criação a Moisés foram mais de 2 mil anos. Durante todo esse tempo o Sábado era o dia de descanso e reservado para adorar a Deus. Isso prova que o argumento que o sábado é para judeu não funciona. Na verdade o sábado é para a humanidade e a terra descansarem.
Dentre as dezenas de citações sobre o sábado, quero citar só mais um do Antigo Testamento: “Façam dos meus sábados dias santificados, para que sejam um sinal de aliança entre mim e vós, para que se saiba que eu sou o SENHOR, vosso Deus” (Ez. 20:20). É uma declaração forte! Ninguém pode negar.
O argumento que Jesus mudou o dia de repouso é falso. Há dezenas de citações diretas quanto ao sábado e nenhuma diz respeito a sua mudança ou anulação. A pessoa deve ser muito ruim de interpretação de texto para achar que alguma fala de Jesus esteja cancelando o quarto mandamento. “Com efeito, o Filho do Homem é Senhor do próprio sábado” (Mt 12:8); “E acrescentou: «O sábado foi criado por causa do homem e não o homem por causa do sábado. Por isso, o Filho do Homem tem autoridade sobre o próprio sábado” (Mc 2:27,28); “Havia pessoas que queriam ver se ele ia curá-lo ao sábado para poderem acusá-lo. Jesus disse então ao homem da mão aleijada: «Levanta-te e vem aqui para o meio.» Depois perguntou aos outros: «A nossa lei manda fazer bem ao sábado ou fazer mal? Manda salvar uma vida ou deixá-la morrer?»” (Mc 3:2,4).
Outro argumento fraco e furado é dizer que o apóstolo Paulo aboliu o descanso no sábado. A única vez que ele fala de sábado é em Colossenses 2:16 e 17. E nesta passagem ele estava se referindo aos feriados judaicos que se chamavam de sábado porque este nome significa descanso, cessação de trabalho. Se você pensar ou interpretar que Paulo estava falando do sábado semanal estará pondo em dúvida esse texto sobre a mesma pessoa: “Como era seu costume, Paulo foi lá e durante três sábados falou com eles sobre a Sagrada Escritura” (At 17:2).


Caro leitor, se você não guarda o sábado, é uma decisão sua. Você é soberano. Dizer que o descanso no sábado, sétimo dia da semana, não é bíblico, isso constitui um erro grave que pesará no Juízo Final (clique aqui). Satanás ataca esse dia instituído pelo Senhor porque ele é o sinal de Deus. É o sinal da autoridade de Deus. Guardar o sábado é um sinal de 1) obediência, 2) pertença, 3) amor, 4) reconhecimento da Criação e 5) liberdade.

Eu quero ficar por aqui! É uma discussão longa. Voltaremos a esse tema com certeza. Se você quiser mais detalhes clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário