The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR | Baixe livros grátis, visite o site www.varandadelivros.com |

sábado, 16 de janeiro de 2016

E SE DONALD TRUMP GANHAR?


E SE DONALD TRUMP GANHAR?

Estou acompanhando as eleições americanas de perto por um motivo bem peculiar: segundo Apocalipse 13, os Estados Unidos são uma das bestas. Essa nação poderosa terá um papel predominante nas últimas cenas do Grande Conflito entre o bem e o mal. Como bem documentado na Bíblia; a luta entre o bem e o mal, depois de entrar no reino dos homens, logo após a criação, tem um pouco mais de seis mil anos. E o fim disso tudo se aproxima rapidamente. Dessa forma, é interessante ficarmos de olho bem aberto nos rumos da política americana.
Os articulistas do jornal inglês The Guardian são contundentes nas críticas ao candidato republicano Donald Trump. Este, como os demais pré-candidatos, não tem nada de especial ou de novo quanto à boa política. No entanto, ao que diz respeito ao extremismo e à intolerância, Trump é imbatível. Vejo alguns perigos, e ao mesmo tempo, possibilidade de cumprimentos proféticos na figura de Trump.
Com o aumento do terrorismo, os americanos estão se sintonizando, sendo atraídos pelas bravatas de Donald Trump. Analistas políticos americanos acreditavam piamente que o tempo iria dar um fim na candidatura de Trump; mas se enganaram. Desde seu lançamento, ele sempre esteve ou liderando as sondagens ou em segundo lugar nas prévias. As explicações que encontramos em todos os analistas são que o jeito veemente e polêmico de ser do candidato está refletindo os desejos latentes da população americana quanto a imigrantes (latinos), muçulmanos e outros temas espinhosos. Trump não tem freio na língua. Ele fala tudo o que pensa e não mede consequência de nada. É contra imigrantes e muçulmanos em seu país. E cada vez que solta uma opinião bombástica, ganha mais admiradores. Muitos dizem que isso é jogada de marketing; e se não for?
Num eventual governo Trump, profecias podem ser cumpridas em sua totalidade. Isso porque na profecia apocalíptica, a América, hoje tolerante e terra de liberdade; se tornará hostil, perseguidora e intolerante às minorias. Só um presidente do naipe de Donald Trump conseguiria arregimentar o povo, as autoridades e as leis para um cenário como descrito lá em Apocalipse 13.
Pode acontecer de Trump se posicionar dessa forma só para ganhar as eleições e depois fazer o que todos fazem. Ninguém sabe ao certo. Temos que pensar por uma lógica. Se Trump ganhar e instalar um governo que transforme a América da liberdade em América perseguidora, as pessoas falarão que seria assim mesmo com tal presidente. Caso isso não aconteça, mesmo Trump presidente; surpresa geral. Se for um presidente do discurso correto que venha mudar a América; as surpresas serão às aversas.
Do jeito que o mundo anda sem amor e distante de Deus; não duvido que Trump ganhe. Ano passado o parlamento israelense (Knesset) cancelou o discurso de Donald Trump por causa de suas falas bombas. Ele retrucou que não discursará em Israel como candidato, mas sim como presidente. Fevereiro agora começa as primárias, e logo veremos o desenrolar da novela americana.

6 comentários:

  1. América, hoje tolerante e terra de liberdade... tá de brincadeira né!? o País que mais mata e fomenta guerras mundo afora,Trump é a cara dos Americanos feito sob medida pra eles.

    ResponderExcluir
  2. América, hoje tolerante e terra de liberdade... tá de brincadeira né!? o País que mais mata e fomenta guerras mundo afora,Trump é a cara dos Americanos feito sob medida pra eles.

    ResponderExcluir