The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR | Baixe livros grátis, visite o site www.varandadelivros.com |

terça-feira, 16 de junho de 2015

COP 21: QUESTÕES CLIMÁTICAS E A ENCÍCLICA PAPAL - O MARCO DE PARIS

COP 21: QUESTÕES CLIMÁTICAS E A ENCÍCLICA PAPAL  – O MARCO DE PARIS

Todo ano acontecem certas reuniões de importância mundial. É assim na economia com grupo do G7, reunião de sete chefes de Estados (mais ricos) e seus ministros para tratarem da economia. E é assim também com o grupo da COP, reunião de pessoas comprometidas ou envolvidas com o clima. A ONU é a que mais promove esses encontros. O COP, Conferência Climática das Nações Unidas, assim como muitos outros encontros, não chamam tanto a atenção dos populares. Somente quem está ligado em atualidades é que fica sabendo desses tipos de reunião e sobre as discussões que acontecem por lá. Mas isso vai mudar com a reunião de Paris que acontecerá em dezembro de 2015. Poucos sabem onde aconteceram os COP’s 17,18, 19 e 20; mas poucos não saberão onde ocorrerá o 21. Há várias razões para isso. Há muitas razões para Paris ser um marco das reuniões climáticas. Menciono três motivos maiores para até os populares entrarem nas discussões.
1.    Motivo Político
Os movimentos políticos que se observa nos meses que antecedem esse encontro é denunciador. Nunca tantos políticos importantes estiveram tão comprometidos em discutir o tema do clima. Até o presidente dos Estados Unidos, um dos maiores poluidores, entrou na discussão pró-clima. Antes, relutantes quanto ao Protocolo de Kyoto, agora defensor de energias renováveis. Isso é de se estranhar mesmo!
2.      Motivo Econômico
A economia é a mola que move o mundo. O sinônimo de economia é dinheiro, consumo. Como eles vão discutir isso, eu não sei. Só sei que países que só falavam de expandir os negócios; agora falam de diminuir as emissões poluentes. O tal do G7, recentemente adotou um discurso ambiental. Isso é assustador! Como que as nações mais ricas do mundo; que pensam só no mais valia, passa a adotar uma posição de conservação e redução de atividades econômicas, de eliminar o poder do ouro preto (petróleo). Isso é estranho! E não é por causa da degradação da terra.
3.      Motivo Religioso
Não poderia faltar a religião, né? O líder da maior igreja cristã resolveu entrar no tema das mudanças climáticas de vez. O Papa Francisco dedicou uma encíclica intera para as questões climáticas. As demais religiões, todas, resolveram também falar disso. Não sei se isso é bom ou ruim. Só sei que vivemos no mundo de interesses e dos interesses.
O que tudo indica é que Paris não vai ser mais a mesma em dezembro desse ano. Eu imagino que as pessoas mais importantes dos três raios sociais estarão juntas tomando decisões que podem afetar a minha vida. Na verdade, a política, a economia e a religião são as forças que decidem; e querendo ou não, somos afetados. Não nos consultam, mas nos obrigam a obedecer. A política e a economia nos consultam só nos momentos democráticos; e nestes momentos, somos enganados com mentiras das promessas falsas. E a religião? Nem consulta há!
O meu medo é que a Era Medieval está voltando. O Papa não deveria está dando ordens na política e na economia. Por que todos os dias ele recebe chefes de Estado no seu escritório? Por que ele não recebe apenas seus subordinados; os bispos? Eu imagino que é porque todos esses chefes de Estados estão subordinados a ele.
As sugestões que ele der; ou melhor, as ordens que ele der, estarão imbuídas de proselitismo. Isso significa que o mundo estará se romanizando novamente. O que ele achar certo, será imposto. É por isso que desconfio dessa COP 21 em Paris. Que proposta mirabolante para salvar o planeta os chefes de Estado estarão discutindo? E o que é pior: que proposta bizarra, romanizada, será imposta pelo Papa nessa Conferência de Paris?
Seja lá o que eles acordarem; feliz aquele que estiver obedecendo ao Senhor e o que sua Palavra diz. Eu prefiro ficar com Deus! E você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário