The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR | Baixe livros grátis, visite o site www.varandadelivros.com |

sábado, 9 de abril de 2016

A VOLTA DOS JESUÍTAS - O JOGO DO PODER

A VOLTA DOS JESUÍTAS - O JOGO DO PODER

Os eventos do passado corroboram e evidenciam a existência da tal conspiração, ou teoria da conspiração. O problema é que os alarmistas inventam demais e os conformistas subestimam demais. Jesus não dá crédito a nenhuma das duas alas. Temos que seguir o conselho de sermos ‘simples como a pomba e prudente como a serpente’.
Todos sabem, crentes e descrentes, religiosos e não religiosos, que a Idade Média foi marcada pela opressão física, emocional e religiosa. Nessa época, o jogo do poder permeou às instâncias políticas e religiosas de uma forma escancarada. Quem se dizia representante de Deus agia com a mão do Diabo. A Igreja, à medida que fortalecia politicamente, crescia em crueldade.
Neste ponto eu gostaria de abrir um parêntese e dizer que pessoas (da mais fina estirpe do pensamento filosófico como Nietzsche), confundiram e fundiram a Igreja e Deus. Como Nietzsche, muitos não fazem distinção entre Igreja autêntica e Pseudo-igreja também. Confundem, ou porque querem, ou porque não sabem distinguir o grande conflito. O homem tomou as rédeas da instituição divina e passou a difamar o caráter do Criador. Desde o século III da era cristã, a Igreja não representava mais os interesses do Criador. A partir de então, a Igreja passou a representar os interesses do homem. Isso não significou o fim da religião. Igreja não é religião propriamente dizendo e vice-versa. A própria Bíblia fala disso ao expor o caso do Dragão e da Mulher (Apocalipse 12). Deus sempre teve sua religião; o Diabo tentou criar uma nova religião e desde então passou a existir duas.
Quando homens santos resolveram, movidos pelo Espírito Santo, desmascarar a Igreja corrupta; esta contra-atacou. A reforma protestante corroborou e evidenciou a tal da teoria da conspiração. Segundo essa teoria, há uma elite que luta para dominar o mundo. E como uma elite pode dominar o mundo? Através da religião e da política. Na Idade Média isso aconteceu. A política jazia nas mãos da figura principal do Cristianismo – O Bispo de Roma.
Quando ele perdeu sua primazia, ou melhor, quando homens liderados pelo Espírito Santo romperam com o jugo e a opressão de então, a Igreja criou os Jesuítas. Mais um parêntese; instituição não é pessoa, a religião paralela tem abrigado pessoas cristãs autênticas.  Dessa época em diante, o jogo para se restabelecer o apogeu e o domínio total só intensificou. À medida que a Igreja enfraquecia, ela criava mecanismo para não morrer e recuperar-se.
Não tenho dúvida que a conspiração exista! Não podemos ser alarmistas, nem conformistas. Os dois extremos só favorecem aos gananciosos pelo poder e pela instalação da opressão. No entanto há de se fazer uma diferenciação. A Bíblia fala dessa teoria da conspiração e o mundo também fala. Cada lado com suas nuances. Na verdade, com relação à Bíblia, nem posso chamar de teoria, pois história e fatos deixam de ser teoria. Se há um conflito cósmico como se diz em Efésios 6, essa batalha deve ser concretizada no nosso mundo por força da lógica. O sobrenatural deve encontrar o natural. Os efeitos desse conflito ganham ressonância na nossa vida diária certamente. Não tenho dúvida disso.
Com o surgimento de um jesuíta no posto mais elevado do cristianismo, (sendo ele apóstata ou não), ressurge a discussão: o retorno do poderio da Igreja Medieval. Já estamos no terceiro ano do reinado de Francisco, Bispo de Roma; e todos os movimentos dados por ele corroboram e evidenciam o jogo do poder entre a política e a religião. Isso é uma prova cabal do desenrolar das profecias do Apocalipse.

Estamos no fim! Deus tem um povo especial e tem uma religião correta e está convidando àqueles que ainda não lhe pertence, a pertencer. A batalha final já começou! Se quiser saber como sobreviver a esse fim – BUSQUE INSTRUÇÕES NA BÍBLIA SOMENTE. Você deve conhecê-la. Cuidado! Há espiões por toda parte e por todas as denominações para atrapalhar VOCÊ. A religião de Deus deve ser pensada num plano supradenominacional. Cuidado com os espiões! E um espião pode ser o seu PASTOR, PADRE, APÓSTOLO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário