The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR | Baixe livros grátis, visite o site www.varandadelivros.com |

sábado, 11 de outubro de 2014

LEI OU GRAÇA? PRIMEIRA PARTE.

LEI OU GRAÇA? PRIMEIRA PARTE

Não há como negar o conflito entre a lei e a graça! Ei! Não é a Bíblia que faz esse conflito. Quem faz isso são os milhões de pseudos cristãos que pululam o planeta. A Bíblia nunca fez confusão entre seus temas. A graça e a lei sempre foram harmoniosas nos seus propósitos. Centenas de pastores mal intencionados fazem terror com a lei. Será por quê? Será que foram os pastores evangélicos que começaram por a graça e a lei em guerra; ensinar uma e rejeitar a outra? Será que foi o Apóstolo Paulo que negou a lei em detrimento da graça?
Já posso adiantar que não foram os pastores evangélicos que introduziram o conflito Lei X Graça. Posso garantir também que, baseado na história e na Bíblia, não foi o Apóstolo Paulo que fez essa atrocidade no cristianismo. Para começar a entender esse fato, cabem aqui umas perguntas. O que é Lei? Existem quantas leis na Bíblia? O texto Bíblico favorece a divisão de lei ou ela só fala de uma lei?
Para o cristão que acredita que a lei na Bíblia é uma só as coisas complicam totalmente. Acreditando assim fica impossível compreender o todo bíblico porque tudo vira uma salada mista; tudo vira um caos. E, para começar, não é o que você acredita; mas o que o texto diz. O princípio correto de se entender textos é esse. A interpretação deve vir de dentro para fora e não de fora para dentro. Os juízes dos tribunais fazem isso.
O que é lei? Lei é regra, princípio, diretriz sobre ou para alguma coisa. Todo bom dicionário vai nos dizer isso. E a; Bíblia será que ela fala de regras, princípios e diretrizes? É evidente que sim! No Antigo Testamento se encontra muitos princípios, regras e diretrizes. No livro da Lei, ou seja; a Torah, os rabinos contam 613 leis. São muitas as leis; isso ninguém pode negar. Será que as 613 leis pertencem a um mesmo assunto? A lógica e o bom senso dizem que não. Então não existe apenas uma lei na Bíblia.
Os campos de legislação no Antigo Testamento são: Leis sobre a vida civil do povo, Leis sobre a dieta, Leis sobre as liturgias da religiosidade, Leis sobre o primeiro pacto e Lei áurea. O texto bíblico permite essa divisão. Não é uma interpretação de fora para dentro, mas de dentro para fora. Em cima dessa base podemos construir argumentos sólidos e verdadeiros.
Os profetas e a vida do povo de Deus construíram-se sua identidade nestas bases. Os cincos primeiros livros da Bíblia são sustentáculos para todos os demais livros; inclusive os do Novo Testamento. Para os desavisados, quero dizer que os escritores do Novo Testamento usaram muitas referências diretas do Antigo Testamento. Se tirarmos todas as referências diretas, o Novo Testamento ficará sem sentido.
Agora faz sentido o que Paulo disse em suas cartas. Sem essa base e divisão vamos ver conflitos de idéias do próprio Paulo. Veja uma: por que em Gálatas Paulo defende tanto a Graça e em Romanos fala tão bem da Lei? Por que há momentos que esse autor fala bem da Lei e em outro fala mal? Esse é um questionamento errado! O certo é dizer: Ele, Paulo, fala bem de qual Lei? Ele detona que outra Lei? Se o próprio Paulo faz essa distinção entre as leis; por que pastores teimam em juntar tudo e afirmar que Paulo desautoriza guardar a Lei?
Não foi Paulo que iniciou confusão entre a Lei Áurea e a Graça. Também não foram os pastores evangélicos! Esse posicionamento opostos quem trouxe foi o inimigo quando Satanás começou a mudar sua estratégia de ataques a igreja de Deus. Antes ele batia de frente; mas num dado momento Satanás se infiltrou na igreja e começou semear heresias. Apocalipse e a história confirma isso, é só ler os capítulos 1, 2 e 3 de livre de João. A História Geral diz que no terceiro século a Lei Áurea de Deus começou a ser atacada com muita intensidade. Os Líderes Cristãos dos primeiros séculos quiseram isolar sua identidade dos judeus e passaram a agir diferentes; e isso mexeu com a Lei Áurea do Senhor. Paulo nunca questionou a validade da Lei Áureo de Deus. Quando ele fala de forma negativa da lei; ele se refere às Leis das Liturgias Religiosas e às Leis do Primeiro Pacto. Os primeiros Cristãos sabiam muito bem essa distinção que Paulo fazia. A Lei Áurea de Deus – os Dez Mandamentos – era entendida claramente e não se misturava com as demais. Êxodo 31:18 deixa isso nítido para todos do Caminho. Moisés não teve permissão para escrevê-lo; mas o próprio Deus o fez.

A Lei não é do passado! A Lei é do presente! Ela é atualíssima e relevante para todas as épocas. A Lei que me refiro é a Lei Áurea de Deus, encontradas em Êxodo 20: 1 a 17. E ainda vou mais longe: Apocalipse 14 diz que a Lei Áurea de Deus vai ser o teste final do povo um pouco antes do juízo final de Deus. Eu te pergunto: Você vai obedecer a Deus ou a homens? “Então, Pedro e os demais apóstolos afirmaram: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens.” Atos 5:29

Nenhum comentário:

Postar um comentário